Exclusivo: Vamos colocar os pontos nos "is" de uma vez por todas, por Rui Gomes da Silva 16/09/2019 09:00 Geração Benfica


    O INCÓMODO GERADO PELO MEU ARTIGO SOBRE AS CONTAS DA VENDA DE JOÃO FÉLIX

    No artigo da semana passada, dei a minha opinião sobre o “negócio João Félix”, reduzindo os seus valores ao que julgo estar perto da realidade.

    Porventura sem Perin ... como logo, “lá de dentro”, se apressaram a informar-me...
    (porque, ao que parece, tal como o Real Madrid que depois da venda para a Rússia de Garay, deixou de comprar ao Benfica, e durante anos, nao fez qualquer negócio “connosco”, a Juventus também não quer mais “conversas” com o Benfica)!

    Veremos ... se lá mais para o Inverno ... Perin vem ou não vem!

    Mas a informação oficial e oficiosa do Benfica, “atarantada” com as contas que eu fiz, desdobrou-se em ataques, alguns dos quais pessoais, que levo à conta de não poderem combater a realidade, e de - em muitos casos - a inteligência de quem se presta a essas figuras não ser de grande monta ... a não ser para dar recados!

    Não satisfeitos com os meios tradicionais, atacaram nas redes sociais onde as mentiras são ainda mais possíveis ... por os seus autores ou divulgadores não terem face, podendo esconder-se atrás de um perfil qualquer!

    Com os “escribas” do costume à mistura ... alguns dos quais conheço muito bem, até das inúmeras vezes que passaram pelo meu escritório ... para terem apoio num qualquer conflito jurídico por aquilo que divulgaram, ... ou porque queriam que eu os apoiasse na sua ânsia de se tornarem porta vozes oficiosos do Benfica ... ou porque, não o podendo dizer de viva voz, agora, porque lhes estragaria o apoio e lhes cortaria o fluxo informativo recebido, declararam apoiar-me na próxima corrida eleitoral!

    Tudo boa gente, portanto!

    Mas que precisam de ser corrigidos, porque o que escreveram e disseram está cheio de mentiras, ... lá isso precisam!

    Senão, vejamos:

    1. “ENQUANTO ESTEVE LÁ DENTRO NUNCA FALOU”

    Falso!

    Falei, muitas vezes, contra ... algumas das quais todos esses porta vozes sabem bem ... mas fazem por esquecer.

    1.A. DIREITOS TELEVISIVOS

    Como VP e como Administrador da SAD, recordam-se todos do meu combate pela ruptura com a SPORT TV.

    Primeiro sozinho ... “lá dentro” e na comunicação social ... até convencer quem tinha a última palavra!

    1.B. JORGE JESUS

    Hoje é fácil ser contra ele ... Depois de tudo o que nos fez.

    Mas, não me poderão tirar o mérito de ter sido quem, primeiro, “lá dentro” esteve a favor da sua saída.

    Também nisto ... primeiro sozinho ... “lá dentro” e na comunicação social ... até convencer quem tinha a última palavra!

    1.C. ABURGUESAMENTO DA ESTRUTURA

    Ia já quase o meio o campeonato de 15/16 - o 1.º de Rui Vitória e o que havia de ser o do 35 - e a “estrutura” passeava a sua arrogância do alto da sua importância!

    Antes de todos, e porque sabia qual era o sentimento dos sócios - porque sou um deles - “denunciei”, na SIC, o que era, para mim, o principal problema da época.

    Essa crítica mereceu, até, reuniões de Direção para me fazerem um julgamento popular e votarem a minha demissão!

    Eles continuam lá a fazer figura de corpo presente.

    Mas nós, depois desse alerta, começamos uma caminhada imparável, então ... rumo ao 35!!!

    Sozinho, lá dentro contra os de lá de dentro ... porque o meu compromisso é com o Benfica!

    2. “FALA ASSIM PORQUE FOI CORRIDO”

    Falso!

    Entrei por convite e sai, depois de ser convidado, porque pus condições para continuar!

    2.A. CONDIÇÕES PARA CONTINUAR

    Ao contrário de outros que não existem sem o Benfica ou precisam do Benfica para continuar a existir, não preciso do Benfica para nada ... a não ser para ser feliz!

    Feliz com o clube do meu coração, ... feliz por continuar a ganhar, ... feliz por poder continuar a dizer aos meus filhos que o Benfica é um grande da Europa.

    Mas, e porque nunca estive nos cargos por estar, ao convite, público, para um 3.º mandato, como VP, deixei, de forma também pública, condições para aceitar o desafio!

    Saí porque quis, porque o mais fácil era continuar como queriam.

    Não sem antes, mesmo dessa conversa, na última AG a que fui, com VP, ter dito que ia sair ... porque senti que o meu caminho não era aquele!

    E não foi por falta de conversas ... até ao dia anterior ao da entrega da Lista!

    2.B APOIAR MESMO SEM ESTAR

    O mesmo se diga para o momento da ruptura. Saí de VP ia a meio o campeonato 15/16.

    E - como sabe tanta gente lá dentro e já o referi aqui - trabalhei muito para o ganharmos!

    Como continuei a apoiar no ano seguinte, o do 36!

    E só “bati com a porta” ... apesar de saber não ser aquele o meu caminho ... por achar que - para além disso - tanto negócio era o contrário do que eu quero para o Benfica!

    Contra os negócios, com a legitimidade que tenho por ter dado sempre o meu apoio de forma totalmente desinteressada (isso é que eles não suportam ... não me poderem atirar nem que seja uma pedra ou seja, 1 euro ... face a venalidade de muitos dos que me criticam)!

    3. “A DIREÇÃO PRECISA DE OPOSIÇÃO, MAS NÃO DE UMA OPOSIÇÃO ASSIM”

    Tal como na política - e então com conselheiros vindos da política isso é ainda mais visível - há sempre uma declaração de necessidade de oposição ... mas não desta oposição (qualquer que ela seja)!

    3.A. OPOSIÇÃO BOA E OPOSIÇÃO MÁ

    Sempre que há uma voz contra, aparecem sempre os iluminados que criticam quem se opõe!

    Não por nada em concreto, mas sempre com a velha frase de que até era útil haver oposição ... mas não esta oposição!

    Como se fosse a quem está no poder que compete definir a oposição que quer!

    É assim na política, é assim nesta política do futebol!

    Mas há oposição, eu assumo-o sem rodeios, e não lhes vou fazer nenhum favor ... em defesa dos interesses do Benfica!

    Que, hoje, são em tudo opostos a quem lá está!

    3.B. "MAL POR MAL, ANTES VIEIRA"

    Eis o pior que podem fazer ao Benfica.

    E quem o diz são, normalmente os que, estando contra Vieira - e julgando ter o monopólio da oposição durante anos - se sentem relegados para o canto da sua insignificância e para os termos da irrelevância do eco público das suas críticas.

    E esses serão os principais defensores do que está!

    Não por serem a favor, mas porque preferem continuar com o que não querem a ter de reconhecer que nunca existiram!

    E - isso - vê-se, todas as semanas no que escrevem! Como se a Direção fossem eles e eu o alvo a abater!

    Confesso que tenho pena ... das figuras e dos figurões!

    3.C. "AINDA SE FOSSE RUI COSTA"

    No limite, contra quem está contra ... avançam com o nome de Rui Costa.

    Tal como o fez o Presidente há anos, garantindo com isso, ora o apoio, ora a indefinição do ex-jogador.

    Rui Costa nunca será candidato contra Vieira ... porque não!

    E Vieira, sabendo isso, vai-o tendo por ali!

    Até porque, nos erros, dá sempre jeito ter alguém como Rui Costa por perto, para que lhe possam imputar as responsabilidades, porque não reage por alimentar a esperança eterna de lhe suceder (o que nunca acontecerá ... como um dia explicarei)!

    4. UM INGRATO QUE NUNCA SERÁ CANDIDATO

    Sabe quem anda nestas coisas que esse é outro dos pontos dos habituais discursos de manutenção dos poderes instituídos.

    4.A. UM BENFICA EUROPEU

    Ser ingrato pressupõe dever alguma coisa a alguém! E eu não devo!

    Se há alguém que deve alguma coisa é quem lá está ... Que o deve à grandeza do Benfica!

    Já não me refiro às sucessivas ingratidões que transparecem nos esquecimentos a Manuel Vilarinho que - esse sim - ganhou eleições a Vale Azevedo.

    Como se esses 3 anos não existissem, ... como se a recuperação tivesse começado com a entronização sem oposição, como se o BES não tivesse nada a ver com nada!

    Acreditei - e disse-o tantas vezes - que a essa fase da recuperação, se tinha seguido a fase da consolidação financeira, para se seguir a fase da grandeza desportiva, nomeadamente europeia.

    Sempre o disse!

    Como o fiz na AG em que me despedi dos sócios como VP!

    Ou no discurso de campanha eleitoral - na presença do Presidente - no Algarve, para as eleições de 2012!

    Como o defendi - contra tudo e contra todos - em cada reunião interna.

    Esse é o Benfica que quero ... o Benfica Campeão Europeu!

    4.B. NUNCA É INGRATO QUEM LUTA POR IDEIAS

    Por isso não sou ingrato!

    Achar que este Benfica vai perder o comboio europeu ... não é ser ingrato.

    Não por falta de dimensão, não por falta de massa crítica, não por falta de adeptos, ... mas porque essa grandeza não poderá coexistir, nunca, com tanto negócio!

    Essa é a escolha: ou o negócio ou a luta por ser Campeão Europeu!

    4.C. CANDIDATO

    Por tudo isso se esforçam - em todos os meios de comunicação social - para tentar passar a ideia de que não serei candidato.

    Vou ser!

    Por muito que isso lhes custe, por muito que isso os leve a discutir o que não querem, por muito que isso traga para a praça pública os negócios!

    5. CONTRA PARCERIAS ESTRATÉGICAS 

    E - para que não fique nada por dizer - sou contra parcerias estratégicas!

    5.A. O ANÚNCIO

    No último encontro de quadros em que participei, como VP do Benfica, em Junho de 2016, ouvi - estupefacto, porque nunca tinha sido discutido antes - o anúncio de que o Benfica passaria a ter uma parceria estratégica.

    O anúncio ... de uma parceria estratégica com um empresário que é conhecido por ganhar muito dinheiro na venda de jogadores aos grandes clubes da Europa ... era um disparate ... pensei eu!

    Estratégias desse tipo tem, por exemplo, o Leite Mimosa com o Continente ... porque precisa de vender o que produz.

    Percebi então que essa parceria estratégica era para vender! E não estava enganado!

    Esse não é o Benfica que quero! 

    5.B. PARCEIROS ESTRATÉGICOS PARA QUÊ?

    Sendo assim, para quê uma parceria estratégica deste tipo?

    Sem lógica, sem interesse, sem proveito ... para um clube como o Benfica!

    Com todo o respeito por esses clubes, pela paixão dos seus adeptos e pela seriedade dos seus dirigentes ... esse tipo de alianças poderá fazer sentido em clubes como o Rio Ave, o Famalicão, o Wolverhampton, o Valência até ... mas não o fará, nunca, para um clube com a dimensão, a história e o futuro do Benfica!

    Que nunca será cumprido, se essa parceria continuar!

    5.C. PAGAR COMISSÕES DE NEGÓCIOS QUE NÃO QUERO

    Disse que as parcerias estratégicas não servem para nada, num clube como o Benfica!

    Para mim não!

    Mas para quem está no Benfica servem!

    Desde logo para pagar comissões ... por negócios que “não querem” (dizem)!

    Mas será que alguém acredita????

    CONCLUSÃO:

    Por tudo isto ... e por outra razão que um dia abordarei ... o Benfica merece melhor!

    Vou-me bater por isso até ao limite das minhas forças, por todos os meios lícitos ao meu alcance!

    E se um dia, como espero, for Presidente do Benfica, sentir-me-ei honrado com essa distinção.

    E - prometo - nunca admitirei a hipótese de comprar jogadores como Pedro Neto, nem comprarei jogadores como Vinicius (muito menos por 17 milhões).

    Quem tem um projeto europeu ... não pode pensar ou fazer coisas destas!

    Mas todos sabemos - não se iludam - que o atual Benfica não tem um projecto europeu.

    E essa é a escolha: fazer negócios, em função de uma qualquer “parceria estratégica” - curioso nome - ou lutar por ser Campeão Europeu!

    Eu escolho o caminho da vitória na Europa! E vocês também.

    E isso que os preocupa!

    O MELHOR E O PIOR DA SEMANA 

    O MELHOR ... 

    Numa semana de regresso das seleções ... o melhor da semana vai, obrigatoriamente, para a vitória sobre o Gil Vicente, no sábado!

    Um daqueles jogos que - como o próprio Bruno Lage reconheceu - “fazem os campeões”!

    E que, com a modéstia e a abertura usual, falou disso mesmo, recordando o jogo que - na minha opinião - foi o jogo do título passado.

    Contra o Tondela em casa, numa vitória por 1-0, a poucos minutos do fim!

    Já o disse, já o escrevi, ... mas fico mais descansado por haver, “dentro do Benfica”, quem sabe avaliar as coisas pelo que valem e não pelo que parecem valer!

    Ou ... pior ainda ... por aquilo que alguém lhes diz que valem!

    ... E O PIOR DA SEMANA

    Naturalmente o jogo contra o Gil Vicente. Não pelo resultado ... mas pelo que jogámos!

    O que - espero - seja a confirmação de que um mau ensaio prenuncia sempre uma boa estreia.

    ... PORQUE VEM AÍ A LIGA DOS CAMPEÕES!!!

    Contra 3 equipas que, como vi escrito, ... “há 30 não existiam ou eram clubes pequenos nos seus países”!

    Se esta Direção tem algum projeto europeu - e eu acho, mesmo, que não tem - temos de vencer muito bem em casa e gerir cada um dos jogos fora!

    Porque compararmo-nos a Leipzig, Lyon e Zenit, hoje ... apenas faz de cada uma das outras declarações sobre a ambição europeia do Benfica ... uma brincadeira!

    E sobre o que se passou em Portimão...

    É fartar, vilanagem! 

    Até um dia destes em que vos combateremos com a honra e valores da nossa história, não pactuando com alianças podres por "um futuro do futebol português". Como se viu, essas alianças servem só para dar mais uns anos de vida à vilanagem.

    Preocupados? Não estejam. 15/09/2019 20:57 Geração Benfica

    O nosso grande presidente Luís Filipe Vieira tem confiança inequívoca no presidente da FPF.

    Também tem uma fé inabalável em Fontelas Gomes e em Paulo Costa, irmão do árbitro Rui Costa.

    Por isso, não há que temer nada.

    Benfica 2 - 0 Gil Vicente: A Naturalidade Que Já Não Chega 15/09/2019 14:34 RedPass

    _JT_5554.jpg

    Há uma enorme diferença entre as expectativas dos profissionais e dos adeptos. Isto é, quem faz parte da organização do futebol profissional do Benfica, técnicos e dirigentes, não vê o pré jogo e o pós jogo da mesma maneira que os adeptos nas bancadas ou em frente à televisão. 

    Uma das grandes mais valias que Bruno Lage trouxe ao universo do Benfica foi humanizar essa visão sobre o futebol em geral. Não se repete entre lugares comuns, não avalia os jogos segundo uma realidade paralela ou uma ciência obscura só ao alcance de uns iluminados e tenta sempre explicar as suas opiniões. 

    Serve esta introdução para contextualizar os sentimentos mistos que ouvi e li após o jogo deste sábado à noite. 

    É verdade que não se pode justificar uma exibição menos conseguida logo à partida com a paragem das datas FIFA. Mas não se deve ignorar quando o melhor jogador em campo, Adel Taarabt, diz que a tal paragem tornou este jogo mais difícil. 

    Também não se deve justificar a menor intensidade de jogo do Benfica, principalmente depois do 2-0, com o facto de estarmos a poucos dias da estreia na Champions League. Mas na verdade é algo comum a quase todas as trinta e duas equipas que vão disputar a maior prova de clubes do mundo. É reparar nos resultados e exibições de Juventus, das equipas de Madrid, do Manchester City ou mesmo dos três adversários do Benfica, só o Zenit venceu e com bastantes dificuldades. 

    Isto nem são desculpas, são factos para tentar chegar aquilo que quero. Penso que a melhor maneira de avaliar e analisar a exibição do Benfica é utilizar o pragmatismo e o equilíbrio contextualizando o momento competitivo do calendário.

    Posto isto, recupero as diferenças entre profissionais e adeptos para ir directamente a um momento do jogo que me deixou confuso. Quando Jota está na linha lateral pronto para entrar começou uma corrente de desabafos nas bancadas. Aconteceu na minha bancada e acredito que tenha sido em todo estádio. "Pronto, ele vai tirar o RDT". 

    Placas levantas e sai mesmo o espanhol. A reacção das bancadas veio nessa sequência, assobios para a repetida decisão de Bruno Lage. Algo que me pareceu lógico e natural numa relação aberta e honesta entre adeptos e treinador. Os adeptos não estão a gostar que saia sempre Raul de Tomas e manifestaram-se. Não vejo mal nenhum mesmo porque este é um estádio que tem um legado assustador nas bancadas onde adeptos assobiavam lendas como Nené ou Cardozo e a própria equipa a ganhar quando não goleava. Até aqui nada de anormal. 

    Mas reparei que a reacção de Lage, RDT e Seferovic é que baralhou isto tudo porque todos interpretaram a assobiadela como se fosse para o jogador a sair. E não foi. Até foi uma manifestação de carinho e confiança no espanhol, os adeptos queriam mais tempo em campo. 

    Esta á minha interpretação de um dos momentos mais acesos da noite. Posso estar enganado mas o protesto foi para a decisão da equipa técnica. Repito que não vejo mal nenhum nisso e acredito que Bruno Lage também não se importe de explicar a opção. Mas isto faz parte do futebol porque, como comecei por dizer, há sempre uma visão do banco e outra das bancadas. E assim é que tem de ser. 

    Já agora, deixo aqui também a minha visão de adepto de bancada sobre a não entrada de Tomás Tavares. Se era para lançar o miúdo porque é que não se tratou da substituição mais cedo? Mais um exemplo da maneira diferente como se vive o mesmo jogo.

    Por falar em jogo, o que mais interessava era garantir os três pontos. Estes são os jogos que precisam de ser resolvidos com convicção. Bruno Lage ao ter normalizado as goleadas do Benfica no campeonato corre sempre este risco quando vence "só" por 2-0. É uma pressão óptima, uma dádiva só ao alcance de poucos treinadores. Elevar a fasquia para ser cobrado por vitórias menos expressivas e empolgantes. Há treinadores que fazem toda uma carreira contentes com um triunfo por 1-0. Lage no Benfica tem que se justificar quando ganha por 2-0. 

    Um jogo no Estádio da Luz contra uma equipa repescada da 3ª divisão, depois de uma goleada em Braga, depois de um último jogo na Luz de má memória, tudo isto somado pedia uma goleada com futebol atractivo num sábado à noite e motivação para o grande embate com o líder da Bundesliga que, diga-se, não está a entusiasmar os 60 mil que podem encher a Luz, o que lamento.

    A realidade é que o Gil Vicente é uma equipa já bem arrumada, muito bem treinada por Vítor Oliveira, com alguns jogadores muito interessantes, como Kraev, Sandro Lima, Baraye ou o guarda redes Denis, e veio à Luz com um plano de jogo digno e bem pensado pelo seu treinador. 

    Conseguiu atrapalhar os pontos fortes do Benfica, faltou mais qualidade ofensiva e assustar a defesa do Benfica mais vezes. Mas deixou boa imagem na visita à casa do campeão. 

    No Benfica houve estreia na dupla do meio campo, Fejsa regressou à posição "6" e Taarabt voltou a ser "8" e, tal como em Braga, esteve muito bem. Tão bem que acabou por ser o melhor em campo tendo naquele passe que acabou por dar o 1-0 o melhor lance para recordar. 

    De resto, a mesma equipa do Benfica com as qualidade de Pizzi e Rafa, as expectativas em Seferovic e RDT, os apoios de Grimaldo e André Almeida e a segurança de Ruben e Ferro. Odysseas voltou a assinar uma folha limpa, a quinta em seis jogos. 

    Não foi exuberante, não foi entusiasmante mas é muito agradável que se passe a avaliar as exibições do Benfica do ponto de vista do luxo. É que foram décadas a analisar jogos do ponto vista do lixo onde algumas vitórias pela margem mínima eram elogiadas pelo esforço e triunfos por mais de um golo de diferença eram tranquilas. Eu gosto mais assim. Um 2-0 ao Gil Vicente que deixa o pessoal alarmado. É preciso mais e melhor. 

    Volto a referir o conceito de equilíbrio, acho que é o mais sensato. Era preciso regressar ao ciclo de jogos de clube com uma vitória e sem sobressaltos. Depois de Pizzi ter falhado o penalti o jogo podia ter ficado feio. Felizmente, a equipa procurou o golo antes do intervalo. Até no feliz 1-0 há drama no Benfica, o autogolo de Ygor Nogueira deixou RDT em nervos. Ou seja, o Benfica resolvia um problema antes do intervalo mas como não foi de forma imaculada viu-se drama. Isto, às vezes, não parece um clube de futebol, parece um enredo do dramaturgo William Shakespeare. 

    O Benfica ganhou bem, fez a sua parte antes de começar a caminhada europeia. Estamos com cinco jornadas na Liga e há dúvidas dentro do futebol do Benfica. Há e vai continuar a haver. Foi o primeiro jogo após o fecho de mercado e com as lesões vamos ter ser matéria para especular entre as posições "6" e "8" além das dinâmicas da dupla atacante. Um 2-0 é um resultado natural que já não chega para satisfazer as exigências dos adeptos porque Bruno Lage vulgarizou as goleadas. Engraçado. 

    Mas a tudo isto chama-se época de uma equipa de futebol que costuma ultrapassar a meia centena de jogos. 

    Segue-se nova viagem ao Minho, estamos em ciclo de jogos com equipas minhotas na Liga e essa estreia na Liga dos Campeões com os líderes da Bundesliga na Luz. Uma visita à dimensão maior do futebol mundial numa pausa da limitada realidade do futebol português. 

    Muito pouco para uma Champions 15/09/2019 12:29 Geração Benfica

    A vitória frente ao Gil Vicente foi o que se exigia mas o futebol praticado pelo SL Benfica deixa muito a desejar.

    Bem sei que há quem acredite que é nestes jogos que se ganham campeonatos. Poderá ser mas a diferença pontual nos últimos anos diz que os jogos com os grandes são fundamentais.

    Mas já agora, era só o que faltava não ganharmos a uma equipa vinda da segunda divisão.

    Voltando ao jogo, não será com este tipo de futebol previsível e sem grande imaginação que faremos uma Champions diferente.

    Para Bruno Lage jogar com dois avançados que não marcam golos parece ser normal. Não sei em mundo isso é normal. Para os adeptos no estádio não é. Talvez no Sheffield.

    É inexplicável como Seferovic continua a titular e Raul de Tomás a jogar longe da baliza.

    Este Gil Vicente tinha no camisola 24 o seu grande trunfo e por duas vezes que falhou golos feitos, chegando com uma facilidade incrível à nossa baliza.

    Quem vai ao estádio para a selfie dirá que foi um grande jogo do SL Benfica. Mas esses são aqueles que saem do estádio 10 ou 15 minutos antes.

    Não é a jogar assim que vamos a algum lado. Mas essa coisa de ser exigente está fora de moda.

    É preciso é pagar bilhetes e bater palminhas.

    As vitórias que valem campeonatos! 14/09/2019 22:36 Geração Benfica

    Foi Lage que o disse... e estou totalmente de acordo.

    A equipa que venceu o FCPorto esteve hoje na Luz bastante competente e organizada, mas isso não impediu nem nunca colocou em causa uma vitória que ficou clara desde os primeiros minutos.

    Não foi um jogo brilhante, mas não tem que ser... nota-se que a equipa ainda "sofre" por não ter um jogador de transições como era o Felix, mas é por isso que ele valeu 126M e o RDT e o Sefe valem apenas 35M juntos. Se o fizessem tão bem como o JF7... compravam antes jogadores mais baratos, não era preciso pagar tanto.

    O SLBenfica "passou" o regresso das seleções, algo que nem todos conseguem - olhem o City, por exemplo...

    Contudo, e depois da conferencia de imprensa de ontem, que deixo aqui para quem não ouviu... os jornalistas já começam a não gostar que lhes puxem as orelhas e hoje além das perguntas maldosas, com excepções, os aziados das televisões não perderam a oportunidade de criticar ferozmente o Bruno Lage por ele ter gracejado que um jornalista "devia ser aumentado" por fazer sempre perguntas de futeboll.

    Entendem os comentadores e jornalistas que não cabe ao Bruno Lage reclamar aos jornalistas que devam fazer perguntas apenas sobre futebol ao invés de procurarem polémicas.

    Eu entendo estes parasitas que vivem do comentário desportivo, que não passam de gente reles e avençada, para quem falar-se de futebol apenas (que é o que interessa!!!) lhes deixa numa zona de desconhecimento... e ao deixar de se criarem polémicas, também se capa a necessidade de ter comentadores.

    Que se lixe o futebol, pensam esses Ribeiros Cristovãos da vida... haja granel e polémicas para que eles possam manter o "techo"!

    País de merda! Depois estranham que os bons não queiram vir para cá ou, os que ca estão, queiram de cá sair na primeira oportunidade.

    SL Benfica - Gil Vicente 14/09/2019 17:23 Geração Benfica

    ONZE DO SL BENFICA: Odysseas; André Almeida, Rúben, Ferro, Grimaldo, Fejsa, Taarabt, Pizzi, Rafa, Raul de Tomas e Seferovic.

    Suplentes: Zlobin, Tomás Tavares, Jardel, Samaris, Caio Lucas, Cervi e Jota.


    Benfica vs Gil Vicente - Liga NOS - 5ª Jornada 14/09/2019 17:00 O Belo Voar da Águia



    Benfica 2  * 0 Gil Vicente
    .
    Árbitro:-
    Árbitros assistentes:-
    Árbitro ( 4º ):-
    Var/Avar:-
    Delegados:- Sérgio Ferreira * Carlos Carmo
    Observador:-
    Transmissão: - Btv ( Benfica TV )

    Constituição das equipas:

    Benfica:-
    .
    Gil Vicente:-
    .
    Não pude assistir ao jogo. Ouvi o relato. Pelo que ouvi, e agora já vi, ganhámos bem.

    Venha o próximo.

    Convocados 13/09/2019 22:10 Geração Benfica

    Lista de convocados

    Guarda-redes: Ivan Zlobin e Odysseas;

    Defesas: Jardel, Ferro, André Almeida, Rúben Dias, Nuno Tavares, Tomás Tavares e Grimaldo;

    Médios: Taarabt, Fejsa, Samaris, Pizzi, Rafa, Cervi e Caio Lucas;

    Avançados: Seferovic, Jota e Raul de Tomas.

    Todos contam não é Lage? Mesmo aqueles que quando tiveram uma nesga mostraram que podiam fazer a diferença?

    Caro Bruno Lage, não caia nessa armadilha.... 13/09/2019 16:29 Geração Benfica


    "Bruno Lage considerou esta sexta-feira que o Benfica conseguiu o que pretendia: "ter um plantel equilibrado e competitivo em todas as competições". Numa análise ao mercado, o treinador do Benfica explicou como o clube da Luz se movimentou para reforçar a baliza, confirmando que Cillessen foi a primeira opção.

    "Em dois ou três dias percebemos que Cillessen era muito difícil. Em dois ou três dias deixámos cair essa opção", disse, adiantando de seguida outro nome: "Fabianski [West Ham] foi a segunda opção mas por questões financeiras vimos que não seria possível".

    Lage acrescentou que Mattia Perin foi a terceira possibilidade e elogiou o trabalho do departamento médico das águias, que detectou um problema físico no guarda-redes, daí que a contratação não se tenha concretizado. "O jogador infelizmente tinha uma lesão e não chegámos a um acordo final. Foi um trabalho competente do nosso departamento médico, que depois foi transformado em incompetência da nossa parte em querermos contratar um jogador lesionado..."

    "Com o regresso do Buffon à Juventus, atacámos o Perin e conseguimos. Devido à lesão do jogador, não chegámos a um acordo final. Por último, o Gulácsi. Tínhamos a informação de que o clube lhe tinha prometido um projeto diferente. No entanto, o Leipzig disse que não negociava", explicou."

    ----------------------------------------------------


    Conselho de Administração da SAD:

    Presidente:
    Luís Filipe Ferreira Vieira

    Vogal:
    Domingos Cunha Mota Soares de Oliveira

    Vogal:
    Rui Manuel César Costa

    Vogal:
    José Eduardo Soares Moniz

    Vogal:
    Nuno Ricardo Gaioso Jorge Ribeiro
    ------------------------------------------

    Caro Bruno Lage, 

    A SL Benfica SAD tem um Conselho de Administração (com letra grande, para os otários que escrevem "notas").

    Nesse Conselho de Administração há 2 pessoas que são muito bem remuneradas para exercerem funções de responsabilidade: Domingos Soares de Oliveira e Rui Costa.

    Temos também o presidente da SAD do SL Benfica que entrega o seu tempo graciosamente ao clube sem auferir um único cêntimo ou usufruir de qualquer benesse do clube. Muito menos tendo parte em qualquer negócio envolvendo a SAD ou o clube. (Obrigado presidente!)

    Portanto, como partimos todos do princípio que Soares de Oliveira não está lá apenas para meter à SAD despesas pessoais com casamentos e afins ou dar entrevistas a dizer que daqui a 15 anos poderemos fazer alguma coisa de jeito na Champions...

    Como partimos do princípio que Rui Costa não tem como função principal olhar pela janela à espera que chegue a hora de saída ou fumar cigarros...

    Não é compreensível que seja um simples treinador que venha para uma conferência de imprensa falar da política de contratações do Sport Lisboa e Benfica ou dar explicações sobre isso.

    Não é o treinador que tem que assumir ou dar a cara por contratações bem conseguidas ou falhadas.

    Todas as explicações devem ser dadas por quem é pago para gerir a SLB SAD ou pelo nosso incansável presidente.

    Já avisei várias vezes para Bruno Lage aprender com o que aconteceu com Rui Vitória.

    O antigo treinador também era um gajo muito porreiro e uma "lufada de ar fresco". Eram muitos os elogios às suas conferências de imprensa.

    Não assuma ou fale do que não depende de si, caro Bruno Lage.

    Concentre-se no que se passa em campo e em "espremer" o melhor dos jogadores que tem até Janeiro.

    É tão fácil mandar bitaites quando não temos que assumir as decisões!!!! 13/09/2019 14:08 Geração Benfica


    Portanto diz o nosso amigo Shadows que ao SLBenfica só cabia uma coisa: Dar 3, 4, 5 milhões (os que fossem) ao João Felix e manter o jogador defendendo os interesses bla bla bla bla...

    Só gostava que o Shadows me explicasse que arte mágica ele ia utilizar para inverter uma situação de um jovem que aos 19 anos pode andar nas bocas do Mundo, ganhar ainda mais que isso e jogar na Liga Espanhola (a segunda melhor do mundo)??

    Na cabeça do Shadows, graças a Deus que não tem que tomar decisões e oxalá deixe as importantes para outros senão vai passar mal, o Vieira só tinha que dizer "aceitas se quiseres estes milhões todos ou arranjas quem deposite 126M ou vai mas é treinar que o Lage está à espera!".

    Mas nós temos noção que isso não funciona assim e que esta merda não é a Alice no País das Maravilhas? Isto não é o Football Manager! O que aconteceria se o jogador montasse um problema de balneário? O que aconteceria aos demais se vissem que ao Benfica só interessa o dinheiro mesmo que os jogadores deixem tudo em campo? O que percepcionariam os outros que contratamos, com ambições de ir para outras Ligas ao receber propostas do SLBenfica? O que aconteceria se o jogar se desleixasse e se lesionasse?

    Mas temos noção que isto não é a Liga Espanhola, nem Inglesa? Temos noção que NINGUÉM com enorme qualidade quer estar neste futebol de merda?

    Podemos gostar muito do SLBenfica, mas ter um bocadinho de sentido de realidade é capaz de ajudar!

    Ao e-Toupeira já nem vou... porque oxalá nunca levem o Shadows à barra do tribunal por algo que ele não tenha feito, ou por algo que ele soube que alguem fez.

    Segundo o Shadows, quando se vai a tribunal não é preciso advogados, porque ou se vai lá dizer "sim fiz merda!" ou "não fiz nada e fico aqui à espera que vejam as provas". Portanto o Shadows não precisa de empresários, não gosta de negociar... e já agora advogados é gente que não é necessária.

    Quer isto dizer que para o Shadows, o Vieira e a SAD não deviam ter agido em função da recomendação prudente de quem conhece a lei, sabendo do outro lado está alguem que assume que és culpado e vai procurar provas (e muitas vezes torcê-las) para que isso fique mais ou menos provado.

    O que, diz o Shadows, se devia ter feito era ir ao Min. Publico e dito "vocês que estão manietados por esquemas corruptos que todos conhecemos de inspectores com agendas próprias e clubismos (isto està provado!) venham aqui, façam e procurem o que vos apetecer, se quiserem torçam a realidade e aproveitem o que sabem da lei para procurar coisas que possam suportar a culpa que voces acham que temos, porque na verdade não temos culpa... mesmo que voces levem todos a concluir isso".

    Que angelical não é! Ternurento até... Mas não é por acaso que, como se vê nos filmes, quando somos chamados a depor (seja em que condição for) nunca o devemos fazer sem a presença de quem conheça a lei e os nossos direitos... mesmo que fosse muito impoluto fazer o contrário.