EU ACREDITO BENFICA! Mesmo contra as "coincidências" e os "azares" 21/01/2021 11:16 Geração Benfica

    Nem sequer me vou perder a explicar ao Shadows a falta de sentido que tem cobrar à equipa a dedicação e abnegação que foi evidente em todos os que entraram em campo.

    Se até há duas / três semanas havia muito que apontar à equipa, ao seu compromisso, dedicação e até qualidade... agora NÃO HÁ!

    Ontem a FCP-Unilabs conquistou o acesso à final da Taça da Liga e cumpriu com o objectivo de degradar a equipa do SLBenfica durante 10 dias antes do jogo com o SportingCP... é Azar! Contra equipas que jogam esse jogo, vamos sempre perder... somos demasiado anjinhos nessa área.

    Falando do jogo, como vimos entrámos em campo com uma defesa de seis elementos totalmente diferentes não só do habitual, como até do jogo anterior. Como aqui referi, Otamendi sozinho tem mais minutos jogados que todos juntos os seis que jogaram ontem...

    Se alguém ontem não esteve "ao nível", só Taraabt esteve claramente abaixo do resto dos jogadores em que - tal como Darwin - se nota uma quebra enorme de rendimento depois de ter apanhado COVID há umas semanas.

    De resto, e porque muito mal se falou dele durante varios meses, destacar mais um excelente jogo de Weigl e que se está a tornar um jogador moldado ao esquema de jogo de Jorge Jesus e com um rendimento muito elevado.

    No geral, penso que o SLBenfica foi efectivamente infeliz porque poderia ter saído na primeira parte a vencer... o Matheus fez mais defesas importantes que o Helton (de forma totalmente incomparável). Por outro lado infelizes também pelo comprometimento que um jogador notoriamente fora de enquadramento táctico (Todibo) acabou por consentir.

    Depois coube a um Braga a jogar na máxima força saber controlar o 2-1 e não ceder o empate, e foram competentes a fazê-lo.

    Pode ser um lugar comum a malta pode não gostar, mas é efectivamente mais um jogo em que merecemos a vitória mas fomos infelizes e incompetentes em algumas partes decisivas.

    Mas infelizmente a malta parece esquecer-se que - de forma recorrente pelos 3 ou 4 casos (agora mais) permanentes de COVID - o SLBenfica é uma equipa que há várias semanas treina por grupos e com rotas "desfeitas"... 

    É azar, já todos sabemos. São tudo coincidências...

    VAMOS BENFICA!!!!

    Vergonha 21/01/2021 00:11 Tertulia Benfiquista

    Num jogo que a Liga deveria ter vergonha por se ter realizado, fizemos o que foi possível e lutámos pelo apuramento para a final da Taça da Liga, mas a sorte acabou por não nos ser favorável. Não posso ser demasiado duro com os nossos jogadores, porque gostei da atitude que tiveram e da vontade que mostraram em lutar contra a adversidade. Infelizmente não deu para mais.

    1.jpg

    Com a linha defensiva habitual completamente dizimada e, para dificultar ainda mais, também as habituais segundas escolhas para as laterais igualmente indisponíveis, apresentámo-nos com uma defesa improvisada à frente do Helton: João Ferreira na direita, Todibo e Jardel no meio, e Cervi na esquerda. A defesa foi sempre muito (e bem) apoiada pelo Weigl, que jogou um pouco mais recuado do que o habitual. Como os sete jogadores indisponíveis não eram contrariedade suficiente, reintroduzimos também o handicap Taarabt a meio campo - e como sempre, quando ele é titular a minha confiança baixa para metade. Apesar disso, fiquei agradavelmente surpreendido com o nosso jogo. A atitude mostrada no jogo do Estádio do Ladrão manteve-se, com os nossos jogadores a terem uma atitude competitiva forte e a meterem sempre o pé a cada bola. O Benfica foi claramente superior durante a primeira parte em todos os aspectos do jogo. O Braga remeteu-se a algumas tentativas de contra-ataque, deixando um homem sozinho na frente e o resto da equipa acantonada bem dentro do seu meio campo, subindo apenas quando dispunha de alguma bola parada. É aliás numa delas que completamente contra a corrente do jogo e quase sem saber como, o Braga se coloca em vantagem perto da meia hora. Numa insistência a um canto, um centro muito largo vindo da direita, com dois jogadores a fazerem-se ao lance e o Ruiz a tocar muito ao de leve na bola (só se viu na repetição, porque inicialmente até parecia que a bola tinha entrado directamente do cruzamento do Ricardo Horta) para ela ir entrar junto do poste do lado oposto. Tenho poucas dúvidas que o mesmo lance a nosso favor seria anulado porque o outro jogador que se faz à bola está em posição irregular, mas siga. O Benfica continuou por cima, na resposta viu o Darwin acertar no poste, depois uma bola do Rafa não entrar por acaso, viu o guarda-redes do Braga evitar um golo quase certo num cabeceamento do Seferovic, e só em cima do intervalo viu finalmente chegar o golo que merecia, num penálti do Pizzi a castigar falta sobre o Darwin. Empate que sabia a muito pouco ao intervalo, porque o Benfica não foi apenas melhor do que o Braga; foi muito melhor do que o Braga.

    2.jpg

    Na segunda parte entrámos bem, e mais uma vez o guarda-redes do Braga nos negou o golo a um remate do Pizzi que tinha tudo para o ser. Depois veio o nosso maior problema e o ponto forte do Braga, as bolas paradas. Uma sequência de duas seguidas: na primeira, houve um cabeceamento à barra; e na segunda, mais uma vez uma insistência, desta vez a um livre lateral da direita, novo golo do Braga. Erro grosseiro do Todibo, que saiu tarde e deixou toda a gente em jogo, e depois ainda deixou a bola passar para que o adversário cabeceasse à vontade nas suas costas. As coisa ficaram mais complicadas para nós a partir desse momento, com o Braga a jogar como queria, fechado lá atrás à espera do Benfica e nós a perdermos lucidez. E com o Taarabt a manter-se teimosamente em campo durante setenta e cinco minutos, mesmo depois das três substituições iniciais que incluíram a saída do Rafa, com a qual não concordei nada. O marroquino ainda fez o favor de 'oferecer' um amarelo ao Weigl, que a partir daí ficou no limite e não custa nada admitir que teve muita sorte em ter continuado em campo até final, pois poderia perfeitamente ter visto o segundo amarelo. As substituições que foram sendo feitas, aliás, pouco beneficiaram o nosso jogo - o Pedrinho e o Ferro, em particular, tiveram entradas muito más no jogo. Acho que apenas o Everton trouxe alguma coisa positiva quando entrou. Nos minutos finais o Weigl teve ordem para avançar no terreno, o que deixou os nossos centrais muito mais expostos e arriscámo-nos a sofrer um terceiro golo. Pareceu-me também que nessa fase os nossos dois laterais, provavelmente por falta de ritmo de jogo, rebentaram fisicamente.

    3.jpg

    Para destaque no Benfica escolho o Weigl, que voltou a ser fundamental. Repito que teve sorte em ter feito os noventa minutos - a partir do momento em que foi forçado a ver o amarelo depois daquela 'prenda' do Taarabt passou a jogar demasiado no limite. Mas assim que teve ordens para avançar no terreno viu-se claramente o efeito da sua ausência em terrenos mais recuados, com os nossos centrais a cometerem erros sucessivos. Destaque também para o Cervi, que fez um jogo muito bom como lateral esquerdo. Acho que todos nós sempre achámos que ele seria uma alternativa bastante válida para essa posição dado aquilo que sempre mostrava quando pontualmente ocupava a posição, nem que fosse a dobrar o Grimaldo. É um jogador que dá sempre tudo em campo, mas infelizmente não tem convencido o treinador e deverá ser dispensado nesta janela de transferências.

     

    Foi pena não termos conseguido o apuramento, porque se o tivéssemos feito em condições tão adversas isso seria um factor de motivação enorme. Mas na minha opinião os nossos jogadores podem ficar com a sensação de dever cumprido. Eu sou sempre rápido a apontar-lhes o dedo quando acho que houve falta de empenho, mas hoje não foi essa a impressão com que fiquei. Desconfio no entanto que não faltará quem queira aproveitar o resultado para deitar abaixo a nossa equipa, ignorando convenientemente as condições em que disputámos este jogo. Eu não serei um deles.

    100 milhões de euros e 12 milhões para a equipa técnica 20/01/2021 22:43 Geração Benfica

    No entanto, levamos na ripa de qualquer um.


    A desculpa do Covid não passa disso. Uma desculpa.

    O SL Benfica tinha a obrigação de ganhar. 

    Mas não ganha. 

    E se querem falar do Covid, o SL Benfica já exigiu que os testes sejam feitos num laboratório sem ligações ao futebol?

    E que todos sejam testados e os resultados sejam controlados por uma entidade independente.

    Alguém ainda duvida das coincidências do número de infectados após os jogos com os corruptos?

    Sejam SL Benfica! Sejam líderes! Sejam corajosos! Enfrentem e lutem.

    Coincidências e Azares: Do 11 do Dragão ao 11 para o SCBraga 20/01/2021 15:54 Geração Benfica

     

    Escaparam Chiquinho, Everton (veremos se não está em incubação - eu por se segurança de todos não o lançaria no jogo hoje), Odysseas e Rafa. 3 ou 4 jogadores em 14 utilizados (e os quatro titulares que já tinham apanhado, claro!)

    Aquele "all in" na defesa... É preciso ter Azar!

    Eu gosto muito de futebol, mas quando é que a DGS deixa de brincar com saúde dos jogadores e profissionais e proibe os jogos de futebol?

    Será que ninguém consegue entender a situação calamitosa em que o país está?

    Braga vs Benfica - Meia-final - Taça da Liga 2020/2021 20/01/2021 13:36 O Belo Voar da Águia

     

    .
    Braga  2  * 1 Benfica
    ...
    Árbitro:- Fábio Veríssimo ( AF Leiria )
    Árbitros assistentes:- Bruno Rodrigues e Sérgio Jesus
    Arbitro (4º):- Hélder Malheiro
    Var/Avar:- Rui Costa * Nuno Manso
    Delegados:-
    Observador:-

    Transmissão:- SIC
     
    Constituição das equipas:

    Sp. Braga: Matheus; Ricardo Esgaio, Tormena, David Carmo e Sequeira; Castro e Al Musrati; Galeno, Fransérgio e Ricardo Horta; Abel Ruiz.

    Suplentes do Sp. Braga: Tiago Sá, Rolando, João Novais, Piazon, André Horta, Paulinho, Raul Silva, Iuri Medeiros e Schettine.

    Marcaram:- Abel Ruiz, 28m; Vitor Tormena, 59m; 

    ....

    Benfica: Helton Leite; João Ferreira, Todibo, Jardel e Cervi; Pizzi, Weigl, Taarabt e Rafa; Seferovic e Darwin.

    Suplentes do Benfica: Vlachodimos, Everton, Gabriel, Chiquinho, Samaris, Ferreyra, Pedrinho, Gonçalo Ramos e Ferro.

    Marcou:- Pizzi (gp), 45m; 

    .

    Perder custa? Acho que aos benfiquistas em geral já não. O ser humano habitua-se a todas as circunstâncias...


    Segue o ... "azar" nos testes ao SLBenfica depois do jogo com o FCPorto 20/01/2021 10:40 Geração Benfica

    Depois dos dois laterais direitos...
    Agora os dois laterais esquerdos...
    E os dois centrais titulares...

    Só defesas... mais o Luca!

    E de caminho... todos os tecnicos!!!

    Basicamente, da defesa o "Azar" permitiu que vá a jogo com o SCBraga o Jardel, Ferro e Todibo que juntos têm 288 (Ferro + Todibo) e 777 (Jardel). Juntos não chegam a 1000 minutos esta ano, sendo que qualquer dos "infectados" tem pelo menos 1400/1500 minutos de competição (no mínimo).

    Há quem acredita em coincidências... eu estou com o Frederico Varandas... é "azar".
    ... Só calha é a alguns!!!!

    Mesmo assim vamos lutar com tudo para rivalizar com os festejos de outros:


    Frederico Varandas EXPÕE Unilabs! É muito Azar para uns... e Sorte para outros! 19/01/2021 22:41 Geração Benfica

    "Sem Papas na Lingua" Frederico Varandas EXPÔS passo a passo toda a situação da Unilabs que retirou dois jogadores muito relevantes para o SportingCP em dois jogos também eles muito importantes.

    Ficou claro para quem quis ouvir que o SportingCP foi claramente lesado pela conduta da Unilabs e, estranhamente, por subitas mudanças de posição pela DGS (que ainda assim a Unilabs poderia ter resolvido e não quis).

    Este laboratório, com diversas ligações ao FCPorto (a começar pelas preferências clubísticas do próprio máximo responsável e passando pela localização de clinicas no Estádio do Dragão, entre outras situações) não tem quaisquer condições para continuar a executar os testes de COVID19 da Unilabs.

    Ainda hoje acho super curioso ver que o "azar" que bateu à porta do SportingCP também encontra paralelo nos casos do SLBenfica que já teve o "azar" de ficar sem Pizzi antes da Supertaça e agora fica em dois laterais direitos e um lateral esquerdo e um central para o jogo da Taça da Liga (e possivelmente o jogo com o SportingCP). Ou seja, o "azar" do SLBenfica parece escolhido a dedo, pois não há qualquer alternativa para o lado direito da defesa e condiciona todo o lado esquerdo da defesa (o central esquerdo e o lateral esquerdo)... na prática "salva-se" Otamendi... e de caminho todo o staff do SLBenfica também não pode trabalhar.

    É preciso ter azar... SportingCP e SLBenfica têm muito azar, ao qual parece escapar o FCPorto, felizmente para bem do clube do Norte... que até permitiu ao Sergio e Luiz Diaz gerirem esforço na Taça da Liga para estarem em pleno para um campeonato onde a COVID (ou a Unilabs) teimam em gerar muito azar nos rivais do FCPorto deixando-os cada vez mais na rota dos 50M de acesso à Champions.

    Seus sortudos!!!

    O Benfica, ainda assim, vai a jogo amanhã, com alma garra e determinação contra um SCBraga na máxima força!!! Vamos com tudo para ganhar e chegar â final:

    "O Sport Lisboa e Benfica informa que vai marcar presença na Final Four da Taça da Liga, com a ambição de vencer a prova, à imagem do que acontece em todas as competições que disputa.

    Após ter exposto publicamente, de forma cautelar e transparente, o aumento de casos de covid na sua estrutura profissional, não recebeu por parte das autoridades competentes – DGS e Liga de Clubes – qualquer recomendação contrária às regras até agora vigentes nas competições nacionais. Ou seja, proceder ao isolamento dos jogadores que testaram positivo e incluir no lote de atletas à disposição da sua equipa técnica todos aqueles que testaram negativo, 48 horas antes da partida.

    Nesse sentido, em mais um testemunho de inabalável espírito de grupo e tenacidade do seu plantel, o Benfica reafirma a intenção de marcar presença amanhã na meia-final da Taça da Liga, com o desígnio de vencer um troféu que já conquistou por 7 vezes. O Benfica ressalta que ao longo da época realizou mais de 7 mil testes SARS-CoV-2 a todos os elementos da sua estrutura profissional – em média, 82 por cada colaborador – num universo que se situa claramente acima das orientações da DGS e do que se encontra estipulado pela Liga de Clubes, sendo provavelmente a equipa que mais testou em Portugal.

    Por fim, importa vincar que o comportamento do seu staff se tem pautado, desde sempre e sem exceções, pelo escrupuloso cumprimento das normas e das recomendações emanadas pelas autoridades competentes no que às equipas profissionais concerne em atual contexto pandémico."


    Quem achar que o último parágrafo é uma casualidade de comunicação e nada tem que ver com a forma com que muitos suspeitam ter dado origem aos contágios no SLBenfica... está muito distraido, na minha opinião.

    Conceição quis acordar o "amigo", primeiro traiu-o, depois fez-se de vítima 19/01/2021 12:07 Geração Benfica

     

    Se o jogo de Sexta-Feira passada contra o FCPorto no Dragão foi para o Benfica o ponto da viragem, o futuro o dirá...

    A virada será confirmada em jogos contra o Tondela e o Nacional e outros semelhantes, em que taticamente continuaremos a ser a equipa que fomos anteriormente e não aquela que montámos para disputar um jogo apenas com características bem específicas.

    O plantel do Benfica é, pelo menos na forma como eu o vejo, uma equipa com muitos velocistas e poucos com capacidade de trocar a bola no meio campo adversário gerindo os tempos do jogo... Este Benfica jogará sempre na sua praia quando souber defender bem e tiver o espaço para correr e contra atacar. Difícil tem sido jogar contra equipas encolhidas e sermos nós a dar o espaço nas costas. MAS... 

    O jogo do Benfica no Dragão mostrou um Benfica que percebeu que para jogar contra o FCP é preciso lutar com as mesmas armas do que o FCP. É preciso ser agressivo, é preciso ser corajoso, é preciso dar porrada, é preciso jogar no limiar das regras e do  que os árbitros vão permitindo.

    Porque isto de querermos ser sempre os meninos do bem, os meninos que seguem todas as regras, os meninos sempre do lado bom da sociedade, mais não tem feito do que fazer com que em todos os jogos que jogamos com o FCPorto sejamos aquela equipa de cordeirinhos estrategicamente a sermos conduzidos para o matadouro.

    Matadouro esse que, diga-se, era o local para onde Jorge Jesus iria Sexta-Feira passada se perdesse aquele jogo. Muitos já tinham o lápis afiado e já escreviam em antecipação do funeral anunciado assim que viram aquela troca Everton por Nuno Tavares e lembraram logo o David Luiz a marcar o Hulk...

    Louvo aqui a coragem de Jorge Jesus ao ser convicto das suas ideias, ao fazer o que achava certo, mesmo sabendo que em caso de derrota o cenário para si era exatamente esse do parágrafo acima.

    Espero que o jogo do Dragão tenha mostrado pelo menos algo que digo há muito: Que a este Benfica faltam quilos, faltam jogadores fisicamente mais fortes, faltam centímetros e que o futebol não é sempre uma sinfonia nem uma exibição de ballet. Porque quando se olha para as estatísticas dos jogos, uma das mais importantes é aquela que nunca é contabilizada pelos especialistas: a quantidade de bolas divididas ganhas/perdidas, onde somos quase sempre muito fracos.

    Quanto a Jesus no Dragão e ao seu bate boca com Conceição, este último teve aquilo que pediu: o velhinho Jorge Jesus de volta, a liderar e a dar o exemplo aos seus jogadores de como tinha de ser. Mas depois de pedir e do velhinho Jorge Jesus aparecer, Conceição ficou atrapalhado e já não gostou do que viu.

    Conceição, o lobo com pele de cordeiro. Porque Conceição, o tal amigo de Jorge Jesus (como se intitula) não pode revelar em público um telefonema privado onde diz que pediu ao “amigo” para ser mais ativo porque andava muito murcho.

    Porque aqui, das duas uma: Ou Conceição se descuidou quando revelou a conversa, mas aí deveria ter telefonado a seguir ao amigo a pedir desculpa pelo caldinho que lhe arranjou, ou então a revelação da conversa foi intencional e parte da estratégia do treinador do Porto, e foi este a mandar a amizade para as urtigas!

    Porque o que o "amigo" Conceição fez com a revelação daquela conversa foi colocar Jorge Jesus três semanas seguidas a defender-de de acusações de que andava murcho, de que já não tinha chama, de que os jogadores já não se reviam nele, de que o Benfica tinha sido um erro, de que o seu coração estava no Brasil, em suma, a enfraquecer a sua posição dentro do Benfica!

    Por isso meus amigos, Jorge Jesus foi ao Dragão já com os azeites e a mostarda no nariz, e MUITO BEM! Foi Conceição a usar a tal amizade que tinham para tentar destruir o "amigo", por entre sorrisos inocentes enquanto revelava uma conversa privada que mais não era do que um presente envenenado, naquilo que considero cinismo puro do tal homem que se diz sempre tão frontal!

    Pode ter sido um descuido do Conceição? Poder podia... Se tivesse ligado a Jesus a seguir a pedir desculpa, coisa que pelos vistos não fez! Conceição teve mais do que tempo para perceber o caldinho que o seu “descuido” arranjou ao amigo!

    Por isso para mim, tudo certo no Dragão, MENOS o resultado! Óbvio, trocava tudo o que fizemos de bom pelos três pontos que não conseguimos, mas acalento a esperança que aquele jogo tenha mostrado a bússola e o caminho que temos de seguir daqui para a frente, e que tal acabe por valer bem mais do que o prejuízo num jogo específico.

    Qual foi o ponto baixo para mim? Jorge Jesus esticou-se como já aconteceu várias vezes ao longo da sua carreira. Não tinha nada que pessoalizar a sua análise ao jogo, e dizer por exemplo que Marega e Corona não se viram. A esta hora já há recortes dessas declarações no balneário do Porto, e já sabemos que no próximo Benfica X Porto, eles vêm com tudo para defender a sua honra e vão correr o dobro!


     


     


    ULTIMA HORA - SURTO GRAVE: Benfica pede a DGS para não competir por duas semanas 19/01/2021 09:33 Geração Benfica

    Comunicado do Benfica:

    O Sport Lisboa e Benfica comunica que, no decurso dos testes realizados desde sábado no Seixal, foram detetados 17 novos casos de COVID-19 entre staff, equipa técnica e jogadores.

    Perante estes dados, na defesa da saúde pública e da integridade física dos atletas envolvidos, o Benfica remete para a DGS a decisão de se apresentar em competição nos próximos 14 dias.

    in SLBenfica.pt

    ASSUSTADOR! O que se terá passado na ultima semana para o SLBenfica ter 17 casos novos no plantel. Com quem terão estes jogadores estado em contacto para justificar esta situação?

    Na minha opinião, a DGS deveria aceitar o pedido do SLBenfica e, acima de tudo, impor uma investigação detalhada para entender as cadeias de contacto e a origem deste surto. São 17 profissionais, mas podemos estar a falar de muitos mais (considernando familiares directos). É fundamental entender se o clube foi exposto a alguma cadeia de contagio de forma voluntária ou involuntária, como é também fundamental entender se alguem no Clube teve algum comportamento irregular, pois o SLBenfica joga com outras equipas e esse comportamento poderia afectar outros profissionais e respectivas equipas.

    ISTO É MUITO GRAVE! Espero que a DGS mais do que aceitar o pedido do SLBenfica abra uma investigação muito profunda a esta situação.

    Espero que estejam todos bem de saúde assim como todos os seus familiares. Rapidas melhoras a todos

    Sporting “descobre” o problema do Covid 18/01/2021 23:05 Geração Benfica

    Vamos la ver se nos entendemos de uma vez e se pararem com as acusações nas caixas de comentários: no NGB ninguém acha que o FCPorto joga com jogadores infectados... isso é crime. Se o que se passa nos esquemas de árbitros é grave, nao quero acreditar que fosse possível ir mais além e por en causa a saúde dos jogadores. Isso não!

    O que deixa muitas dúvidas e aqui o tenho exposto, é que há demasiados infectados nos outros clubes... será que também são muitos “falsos positivos”...? É que isso tem resultado no enfraquecimento de várias equipas e “salvado” outra onde os casos parece que chegam sempre de forma controlada.

    Será que não se devia dar aos clubes a possibilidade de fazerem testes autónomos quando há casos positivos e assim despistar esses falsos positivos? Dessa forma acabava-se com as dúvidas e protegia-se todos os jogadores e o espetáculo. 

    NDR: Luca Waldshmit con síntomas, segundo as notícias, por isso potencialmente fora do jogo com o Braga.