Aboubakar e Marega formam parceria de topo europeu Record 12/12 - Terça, às 03:34

    Compõem uma de apenas duas duplas de goleadores com mais de 10 golos cada nas melhores ligas da UEFA

    Vilaverdense em Alvalade para "continuar a fazer história" DN 12/12 - Terça, às 01:59

    Técnico António Barbosa avisa: "Improvável não é impossível." Equipa tem melhor ataque dos campeonatos nacionais

    Nascimento saiu da sombra e encheu-se de motivação DN 12/12 - Terça, às 01:19

    Benfiquista alimenta ambição portuguesa nos Europeus de piscina curta, após ter brilhado nos Nacionais (batendo dois recordes)

    A fraqueza de Klopp, a viagem mais longa e o regresso ao local de um crime DN 12/12 - Terça, às 00:18

    Forças, fraquezas e curiosidades sobre os próximos adversários dos clubes portugueses nas provas europeias

    Golo de Hélder Ferreira dá triunfo ao Vitória de Guimarães sobre o Feirense TSF 12/12 - Terça, às 00:17

    Vitória de Guimarães venceu o Feirense por 1-0.

    Zainadine garante vitória do Marítimo sobre o Sporting de Braga TSF 11/12 - Segunda, às 23:39

    Marítimo venceu o Sporting de Braga em casa por 1-0.

    Marítimo bate Sp. Braga em jogo empolgante (1-0) DN 11/12 - Segunda, às 23:07

    Um golo de Zainadine permite aos insulares ficarem a um ponto dos bracarenses, que deixa fugir os três grandes. Daniel Ramos continua imbatível nos Barreiros a contar para a I Liga

    Pedro Martins: "É uma vitória da entrega e da paciência" sapo.pt 11/12 - Segunda, às 22:55

    Vamos ver [que papel terá o ritmo de jogos na partida dos oitavos de final da Taça de Portugal, com o FC Porto, na quinta-feira]. Gostaríamos de ter mais tempo de recuperação. Em 72 horas, é muito complicado recuperar o grosso da equipa. Há uns que recuperam mais rápido, mas é impossível recuperar todo o grupo. Vamos saborear este momento, e, amanhã, começar já a pensar no FC Porto."

    V. Guimarães vence Feirense ao soar do gongo (1-0) DN 11/12 - Segunda, às 21:28

    Equipa de Pedro Martins alcançou o golo da vitória no último suspiro, obra de Hélder Ferreira. Feirense somou quinta derrota consecutiva e nona nos últimos dez encontros da I Liga

    João Félix: "Não estava à espera de estar neste patamar com esta idade" sapo.pt 11/12 - Segunda, às 20:40

    O médio João Félix renovou com a equipa de futebol do Benfica por quatro temporadas, anunciou hoje o clube da Luz, em comunicado. O jogador de 18 anos, que cumpre a terceira época consecutiva ao serviço do Benfica, já foi chamado à seleção nacional sub-21, tendo jogado pela primeira vez em 17 de setembro de 2016, tornando-se então o mais jovem de sempre a jogar pelo Benfica B na II Liga.

    "Quando vim para o Benfica nunca tinha representado nenhuma seleção. Nem no meu primeiro ano o consegui. Só no segundo ano no Benfica é que consegui representar. A partir daí foi sempre a subir e sempre a melhorar", disse o jovem jogador à BTV.

    Natural de Viseu, João Félix deu os primeiros passos no futebol n’Os Pastilhas, passando depois pelos mais baixos escalões da formação do FC Porto. Seguiu-se o Caixa Futebol Campus em 2015, onde tem prosseguido a sua formação enquanto jogador profissional.

    Em 15 de fevereiro de 2017, tornou-se o mais jovem de sempre a marcar na II Liga, no histórico global da competição.

    "Foi um momento especial porque me permitiu ser o jogador mais novo de sempre a estrear-se. Quase que me vinham as lágrimas aos olhos de felicidade", revelou João Félix, citado pelo Benfica.

    Na temporada 2016/2017 fez um total de 38 jogos oficiais (12 na II Liga, 16 no Nacional de juniores e 10 na UEFA Youth League) e foi figura em destaque na campanha do Benfica na competição europeia, na qual foi eleito pela UEFA como um dos cinco jovens mais promissores a seguir no futuro.

    "É sempre bom ser reconhecido em Portugal e no mundo. O ano passado fizemos uma grande prestação e só foi pena não termos ganho na final; este ano não foi tão bom, mas serviu para aprendermos. Para o ano podemos lá estar outra vez", afirmou.

    Ao todo, foram dez os compromissos disputados pelo jovem médio ofensivo na prova em 2016/17, os quais coroou com seis golos, incluindo um ´bis´ diante do Real Madrid nas meias-finais.

    "Não estava à espera de estar neste patamar com esta idade. Foi graças ao meu trabalho e dos que me ajudaram. É importante ter os pés assentes na terra, porque tenho uma família que me lembra sempre que quanto mais se sobe, maior é a queda", frisou o médio de 18 anos.

    "A renovação é muito boa, mas o que interessa é dentro de campo, ajudar a equipa a conseguir bons resultados. Não gosto de projetar sonhos elevados, porque podem não acontecer. Prefiro ir pouco a pouco”, disse, citado pelo Benfica.