Cabo Verde quer especializar-se na organização de eventos desportivos internacionais sapo.pt 20/02 - Terça, às 13:04

    O ministro de Estado e ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, quer que Cabo Verde consiga fazer dos I Jogos Africanos de Praia o lançamento do país, enquanto plataforma especializada no Atlântico médio na organização de eventos desportivos.

    O governante lançou este repto esta segunda-feira, na cerimónia de tomada de posse dos membros que integram o Conselho Directivo do Comité Organizador dos Jogos Africanos de Praia (COJAP), evento que se realiza de 14 a 23 de Junho de 2019, na ilha do Sal.

    Liderado pela presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano, Filomena Fortes, integram ainda o Conselho Directivo da COJAP, os vogais Maximilian Stipanov e Pedro Moeda (não executivo).

    O governante fez a analogia desta tomada de posse, segundo disse, “à continuação do sonho de Cabo Verde se transformar em plataforma no Atlântico médio de prestação de serviços”, realçando que a organização dos Jogos Africanos de Praia vai ao encontro do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável, aprovado pelo Governo.

    Conforme indicou o ministro, o plano define como objectivos maiores a afirmação do país no mundo, a nível de prestação de serviços dos transportes, da economia digital, na economia financeira e também no desporto, para que Cabo Verde venha a ser uma plataforma especializada no Atlântico médio, na organização de eventos desportivos.

    Elísio Freire, considerou, por outro lado, que dado às infraestruturas de bases, aliada à sua localização geográfica, a ilha do Sal tem as condições para projectar o país na organização de eventos desportivos, de modo que Cabo Verde “saiba mostrar ao mundo que sabe organizar bem para poder ser relevante a nível internacional”.

    Os I Jogos Africanos de Praia serão realizados na praia de Santa Maria, na ilha do Sal e, segundo a organização, contará com a participação de 54 países de África e um total de 19 modalidades de praia.

    Cabo Verde ganhou a candidatura para organizar os I Jogos Africanos de Praia, durante a 17ª sessão ordinária da assembleia-geral da ACNOA, realizada em Maio de 2017 em Djibuti.

    Liga Europa: Árbitro Jorge Sousa nomeado para o CSKA Moscovo-Estrela Vermelha sapo.pt 20/02 - Terça, às 12:36

    O árbitro português Jorge Sousa foi hoje nomeado pela UEFA para apitar o jogo entre o CSKA Moscovo e o Estrela Vermelha, na quarta-feira, da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol.

    No encontro marcado para as 17:00 de Lisboa, o português, de 42 anos, terá Ricardo Santos e Nuno Pereira como assistentes e Rui Teixeira como quarto árbitro. Os árbitros assistentes adicionais serão Fábio Veríssimo e Luís Godinho.

    Para além de Jorge Sousa, a UEFA destacou Tiago Martins para apitar, no mesmo dia, o jogo da UEFA Youth League entre o Liverpool e o Manchester United. André Campos e Nélson Moniz serão os assistentes e o inglês Scott Oldham será o quarto árbitro.

    Para a mesma competição, e também na quarta-feira, Nuno Castro será o observador no FC Porto-Salzburgo e Lucílio Baptista exercerá a mesma função no Atlético Madrid-Basileia.

    Casillas anda à procura de clube na Serie A Record 20/02 - Terça, às 12:30

    'Calciomercato' revela que será muito difícil devido às condições pretendidas pelo guarda-redes

    Futebolista Rúben Semedo aguarda audiência com juiz na prisão DN 20/02 - Terça, às 12:26

    Jogador português do Villarreal é suspeito de ter cometido delitos de agressão e sequestro

    Rúben Semedo aguarda em prisão audiência com juiz. Jogador é acusado de agressão e sequestro sapo.pt 20/02 - Terça, às 12:23

    O futebolista português Rúben Semedo, internacional sub-21 que joga no clube espanhol Villarreal, vai ser ouvido por um juiz na quarta ou quinta-feira, d

    O português “foi detido esta madrugada e será posto à disposição de um juiz amanhã (quarta-feira) ou depois (quinta-feira)”, disse à agência Lusa fonte da Guardia Civil (correspondente à GNR portuguesa).

    De acordo com a mesma fonte, Rúben Semedo é suspeito de ter cometido delitos de “agressão e sequestro (retenção de pessoa contra a sua vontade)”.

    A lei espanhola estipula que um suspeito detido terá de ser ouvido por um juiz até no máximo 72 horas após a sua prisão.

    Segundo a imprensa local, a pessoa que apresentou queixa a 12 de fevereiro último afirmou que Semedo e outros dois homens, depois de o terem atado, agredido e imobilizado, foram ao seu apartamento com as suas chaves para roubar dinheiro.

    A vítima identificou Rúben Semedo e um primo deste como duas das três pessoas que o atacaram e agrediram tendo provocado lesões várias no seu corpo que o obrigam a usar muletas para se deslocar.

    O queixoso também declarou que um dos agressores disparou duas vezes com uma pistola para o intimidar, sem que estes o tenham atingido.

    Ainda de acordo com a imprensa local, é a terceira vez nos últimos meses que o jogador português está envolvido em incidentes graves que estão a ser investigados pela polícia espanhola.

    Alex Telles já bateu o melhor registo de assistências da época passada (Gelson Martins) zerozero.pt 20/02 - Terça, às 12:23

    Pontapé de canto, cruzamento e golo. Pontapé livre, cruzamento e golo. Jogada pela esquerda, cruzamento e golo. Muitos dos 58 golos do FC Porto neste campeonato tiveram este princípio, meio e fim. Aqui, falamos do "meio". Que é como quem diz... de Alex Telles.

    FC Porto é alvo de centenas de ataques informáticos todos os dias sapo.pt 20/02 - Terça, às 12:04

    Uma fonte do FC Porto revelou esta terça-feira que o clube tem sido diariamente alvo de centenas de ataques informáticos, mas que os 'hackers' não conseguiram, até ao momento, quebrar o sistema de segurança do Dragão.

    Em declarações ao referido jornal, uma fonte oficial do clube portista revelou que há centenas de ataques informáticos por dia ao FC Porto.

    "Temos sofrido centenas de ataques informáticos todos os dias. Até agora não têm tido sucesso", revelou uma fonte oficial do FC Porto ao jornal Correio da Manhã.

    Questionado sobre a informação veiculada de que um grupo de piratas informáticos tinham entrado em contato com o Benfica para 'vender correspondência privada do FC Porto', a referida fonte do clube portista garantiu que: "tudo isso é mentira".

    Recorde-se que o tema da segurança informática surgiu na atualidade desportiva em abril do ano passado com a divulgação de documentos confidenciais do Benfica por parte do diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, no Porto Canal.

    Futebol às 12h15 zerozero.pt 20/02 - Terça, às 12:00

    O jornalista Gaspar Castro leva até si a atualidade do mundo do futebol, com destaque para os três pontos conquistados pelo Sporting em Tondela, para as condicionantes da segunda parte do Estoril x FC Porto e para a grande noite de Will Grigg.

    23.ª jornada teve golos para dar e vender sapo.pt 20/02 - Terça, às 11:54

    A 23.ª jornada, que terminou esta segunda-feira com a vitória do Sporting em Tondela (2-1) foi pródiga em golos e goleadas. Destaque para dois triunfos por 5-0 - FC Porto na receção ao Rio Ave e SC Braga na visita a Guimarães para o dérbi do Minho. Foram, de resto, os dois resultados mais desnivelados.

    O Benfica também mostrou ter pontaria afinada e goleou o Boavista, na Luz, por 4-0.

    No total, foram apontados 25 golos nesta jornada, havendo apenas um jogo em que não se verificou qualquer golo: Aves-Marítimo.

    Houve ainda três resultados pela margem mínima: Vitória de Setúbal-Paços de Ferreira (1-0), Moreirense-Chaves (0-1) e Tondela-Sporting (1-2).

    João Capela poupou cartão amarelo a Coates pela celebração do golo em Tondela e uruguaio escapa a castigo sapo.pt 20/02 - Terça, às 11:35

    O jogo entre Tondela e Sporting terminou ontem de com um golo ao cair do pano de Sebastian Coates que valeu os três pontos à equipa de Jorge Jesus. O defesa central uruguaio subiu até à defesa contrária para fazer o 2-1 aos 99' minutos e de seguida tirou a camisola para celebrar com os companheiros de equipa.

    Ora, de acordo com os regulamentos, João Capela deveria ter mostrado o cartão amarelo ao defesa central leonino por ter tirado a camisola durante os festejos do golo, algo que não aconteceu. Sebastian Coates estava em risco de suspensão por acumulação de amarelos e poderia falhar a receção ao Moreirense caso tivesse sido admoestado por João Capela.

    Sendo assim, Coates fica em risco de falhar o 'clássico' no Dragão caso veja cartão amarelo frente ao Moreirense.