André Sousa salva Gijón da derrota com um golaço no último minuto! zerozero.pt 19/08 - Domingo, às 00:46

    Estreia auspiciosa de André Sousa em jogos oficiais com a camisola do Sporting Gijón. O médio português evitou o desaire da sua equipa em cima do apito final no encontro da primeira jornada da Liga 1|2|3. O camisola 16 do Gijón entrou à passagem do minuto 69, dois minutos depois da equipa visitante sofrer golo, e restabeleceu a igualdade no marcador com um golaço! Se os adeptos portugueses já eram conhecedores da meia-distância do médio, é a vez de nuestros hermanos... Ora veja o golo.

    Os casos do Sporting-V. Setúbal Record 19/08 - Domingo, às 00:44

    A reação que o corte de cabelo de Ristovski quer provocar: "Vamos lá ter cuidado com as investidas que esta malta toda é fã do Estaline" Tribuna 19/08 - Domingo, às 00:11

    Este cronista tem, igualmente, uma sugestão a fazer a quem for o próximo presidente do Sporting, no seguimento de uma ideia que propõe a William Carvalho, para o convencer a regressar: "Mete-se no teu contrato que tens conta aberta para sempre no Guilty, o que quiseres"

    A crónica do Sporting-V. Setúbal, 2-1: SOS Nani Record 18/08 - Sábado, às 23:56

    À procura do improviso perfeito, com Nani Tribuna 18/08 - Sábado, às 23:12

    Foi com um bis do capitão que o Sporting ganhou (2-1) ao V. Setúbal e ficou com os mesmos pontos e golo marcados e sofridos que o Benfica, que defrontará na próxima jornada. Mas, como na semana passada, onde os leões ainda encravam e falham como equipa, é onde mais dependem de invenções individuais para sobreviverem

    II Liga: Sporting da Covilhã conquista primeira vitória sapo.pt 18/08 - Sábado, às 23:00

    O Sporting da Covilhã venceu este sábado no terreno do Cova da Piedade, por 4-2, em desafio da segunda jornada da II Liga portuguesa de futebol, resultado que permitiu à equipa beirã somar o primeiro êxito na prova.

    O conjunto serrano entrou melhor no jogo e inaugurou o marcador aos três minutos por intermédio de Deivison. Assistido por Henrique, o avançado brasileiro, só com o guarda-redes Moreira pela frente, rematou para o 1-0 do Sporting da Covilhã.

    Os piedenses acusaram o golo sofrido e os forasteiros aproveitaram essa intranquilidade para fazer mais dois golos e colocar o resultado em 3-0. Makouta e Adriano, aos 18 e 35 minutos foram os marcadores do segundo e terceiro golos, respetivamente.

    Antes do intervalo, aos 45+1 minutos, o Cova da Piedade reduziu a desvantagem por Ronaldo Tavares, que aproveitou uma defesa incompleta de São Bento, após remate de Miguel Rosa, para fazer o 3-1.

    No segundo tempo, o Sporting da Covilhã soube gerir a vantagem e avolumou o marcador para 4-1, aos 55 minutos, num cruzamento-remate de Henrique que desfeiteou o guardião Moreira.

    Antes do final, destaque para a expulsão de Sori Mané, do Cova da Piedade, por agressão a um adversário, aos 74 minutos. Mesmo a jogar em inferioridade numérica, os anfitriões fizeram, aos 81 minutos, o 4-2 por Miguel Rosa.

    Lito Vidigal: «O resultado podia ter caído para o nosso lado» zerozero.pt 18/08 - Sábado, às 22:46

    Apesar de uma boa réplica, o Vitória FC saiu derrotado do duelo frente ao Sporting (2x1) este sábado, no Estádio José de Alvalade. No final do encontro, Lito Vidigal elogiou a exibição dos seus jogadores, deixando também algumas palavras aos adeptos do clube de Setúbal. «Tenho que dar os parabéns aos adeptos do Vitória FC, foram fantásticos ao longo do encontro. O encontro foi bem jogado. O resultado aceita-se, mas podia ter caído para o nosso lado. Quero dar os parabéns à minha equipa, jogou com qualidade a agressividade», afirmou. O treinador admitiu que objetivo da sua equipa é vencer todos os jogos, reconhecendo a necessidade de defender mais em certos encontros. «Por vezes temos de defender perante adversários mais fortes. O nosso objetivo é sempre vencer. Todos os jogos são importantes e temos de competir contra todos. Devemos ter essa ambição ao longo da temporada», declarou. Na próxima jornada, o Vitória FC recebe no Estádio do Bonfim o Nacional.