João Capela poupou cartão amarelo a Coates pela celebração do golo em Tondela e uruguaio escapa a castigo sapo.pt 20/02 - Terça, às 11:35

    O jogo entre Tondela e Sporting terminou ontem de com um golo ao cair do pano de Sebastian Coates que valeu os três pontos à equipa de Jorge Jesus. O defesa central uruguaio subiu até à defesa contrária para fazer o 2-1 aos 99' minutos e de seguida tirou a camisola para celebrar com os companheiros de equipa.

    Ora, de acordo com os regulamentos, João Capela deveria ter mostrado o cartão amarelo ao defesa central leonino por ter tirado a camisola durante os festejos do golo, algo que não aconteceu. Sebastian Coates estava em risco de suspensão por acumulação de amarelos e poderia falhar a receção ao Moreirense caso tivesse sido admoestado por João Capela.

    Sendo assim, Coates fica em risco de falhar o 'clássico' no Dragão caso veja cartão amarelo frente ao Moreirense.

    Ivo Vieira com 10 indisponíveis para a segunda parte com o FC Porto sapo.pt 20/02 - Terça, às 11:04

    O treinador do Estoril-Praia, Ivo Vieira, está com muitas limitações para preparar o jogo de amanhã com o FC Porto devido aos regulamentos e tem neste momento apenas 16 jogadores de campo disponíveis.

    Segundo escreve o jornal A Bola na sua edição de terça-feira, os 'canarinhos' têm 10 ausências confirmadas para terminar o jogo em falta da 18ª jornada com o FC Porto. O Estoril-Praia solicitou também a dispensa do internacional sub-19 Duarte Valente de um jogo particular com a Hungria agendado para o mesmo dia da receção ao FC Porto sendo que dos jogadores disponíveis apenas metade integrava o onze que disputou a primeira parte do encontro a 15 de janeiro.

    Os regulamentos ditam que as equipas podem alterar os onzes, embora com limitações, uma vez que os jogadores que não estavam inscritos no plantel  a 15 de janeiro não podem ir a jogo, sendo os casos dos habituais titulares Dankler, Ailton, Gonçalo Santos e Ewandro Costa.

    Em sentido contrário, Bruno Gomes vai poder fazer parte das escolhas de Ivo Vieira apesar de ter visto cartão vermelho no último jogo. O avançado brasileiro foi titular na primeira parte do jogo entre Estoril-Praia e FC Porto e é opção para amanhã.

    Do onze que se apresentou diante do FC Porto, Ivo Vieira não vai poder contar com Wesley e Aylton Boa Morte, uma vez que foram cedidos entretanto ao Paraná e ao Cova da Piedade, respectivamente

    Já os titulares na ficha de jogo original não podem passar a suplentes na segunda parte amanhã, ditam os regulamentos, sendo que caso haja alterações nos onzes estas não vão contar como substituições. No entanto, o jogador que sair do onze não poderá estar no banco de suplentes.

    Em relação às substituições, Ivo Vieira tem duas para fazer uma vez que lançou Aylton para o lugar de Joel.

    Ruben Semedo detido por agressão, roubo e posse ilegal de arma TSF 20/02 - Terça, às 10:59

    Futebolista de 23 anos trocou o Sporting pelos espanhóis do Villarreal no último verão.

    Moçambique recebe a Taça do Campeonato do Mundo da FIFA sapo.pt 20/02 - Terça, às 10:35

    Moçambique foi escolhido pela segunda vez como um dos países a acolher a passagem da Taça do Mundo da FIFA, durante a sua digressão a caminho da Rússia, estando a sua chegada a Maputo prevista para 28 de fevereiro.

    Este ano, o tema da digressão é “Antecipação”, testemunhando, reavendo e compartilhando as formas únicas pelas quais fãs e comunidades locais em todo o mundo se preparam para o Campeonato do Mundo da FIFA.

    A taça vai passar por 91 países, 51 cidades, sendo que Moçambique é único país de língua portuguesa a recebê-la. A viagem começou em Londres, a 22 de janeiro.

    O objetivo desta digressão é ligar pessoas de vários pontos do mundo, unir países e culturas, mostrando que, apesar das diferenças, todos partilhamos um amor comum, o futebol.

    A chegada da Taça a Moçambique está prevista para dia 28 de Fevereiro, pelas 11h, no Aeroporto Internacional de Maputo, seguida de uma Conferência de Imprensa no Estádio Nacional do Zimpeto.

    O evento principal terá lugar no mesmo local, das 14h às 19h, e contará com diversas atividades e entretenimento, incluindo a atuação de alguns DJ’s da praça, artistas do Coke Studio Africa, exposição e muito mais.

    A Taça do Campeonato do Mundo da FIFA estará exposta por apenas um dia e nesse dia o público terá a oportunidade única de tirar uma foto com ela.

    Rúben Semedo detido em Espanha por sequestro, agressão e ameaça com arma de fogo sapo.pt 20/02 - Terça, às 10:14

    Rúben Semedo foi detido pela Guarda Civil de Valência, em Espanha, na última madrugada, acusado de sequestrar, agredir e ameaçar um homem com uma pistola.

    De acordo com o jornal espanhol Las Provincias, o central Villarreal foi detido em casa, na sequência de uma queixa apresentada a 12 de fevereiro. O queixoso diz ter sido amarrado, agredido e mantido refém por Semedo e outros dois homens na moradia do jogador.

    Segundo a mesma publicação, a vítima apresentava hematomas em várias partes do corpo e acusa ainda um dos agressores de ter disparado uma arma para o assustar. O homem identificou Rúben Semedo e um primo do jogador como as pessoas que o atacaram.

    É já a terceira ocasião em que o ex-jogador do Sporting se envolve em casos de violência no país vizinho, nos últimos quatro meses.

    A primeira remonta a 29 de outubro, quando se desentendeu com um indivíduo numa discoteca.

    Depois, a 19 de Novembro, terá mesmo ameaçado um homem com uma pistola à entrada de outra discoteca.

    A lei espanhola estipula que um suspeito detido terá de ser ouvido por um juiz até no máximo 72 horas após a sua prisão.

    Rúben Semedo novamente preso DN 20/02 - Terça, às 09:59

    Terceiro episódio em quatro meses a envolver o futebolista português e as autoridades do país vizinho. Desta feita é acusado de agressão, roubo e posse ilegal de pistola. Foi levado para a esquadra de madrugada

    Ministério Público recorre para levar a julgamento 11 polícias por agressão a adepto do Boavista sapo.pt 20/02 - Terça, às 09:54

    O Ministério Público (MP) vai recorrer da decisão de não levar a julgamento os 11 efetivos do Corpo de Intervenção da PSP acusados de agressão a um adepto do Boavista em Guimarães, cegando-o de um olho.

    A interposição do recurso foi hoje anunciada pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto, numa nota publicada na sua página na Internet em que refere que o MP não se conforma com o arquivamento dos autos ditado por um juiz de instrução criminal do Tribunal de Guimarães

    Os factos remontam a 3 de outubro de 2014, aquando do jogo da 7.ª jornada da I Liga entre o Vitória de Guimarães e o Boavista.

    A acusação, deduzida pelo MP, diz que os 11 arguidos tinham sido destacados, enquanto efetivos do Corpo de Intervenção da PSP do Porto, para, em Guimarães, zelar pelas questões de segurança colocadas pelo jogo.

    Acrescenta que, à chegada dos autocarros que transportavam os adeptos do Boavista, um dos arguidos abordou um destes adeptos instando-o a que se movimentasse para determinado local.

    “Como este não o tivesse feito de imediato, derrubou-o ao solo, colocou-lhe um joelho por cima das costas e fê-lo permanecer deitado no solo de cara para baixo”, refere.

    Diz ainda que, de seguida, ele e outros dois arguidos “bateram no referido adepto, nomeadamente com cotoveladas, pontapés, socos e pancadas de cassetete, enquanto os demais arguidos os integraram no interior de um círculo que formaram e assim impediram que lhe fosse prestado socorro”.

    Os arguidos pediram abertura de instrução e, em 15 de fevereiro, o tribunal decidiu-se pela não pronúncia.

    Uma decisão de que o MP vai agora recorrer, para tentar levar os arguidos a julgamento.

    Estoril x FC Porto joga-se esta quarta e há uma série de questões regulamentares a ter em conta zerozero.pt 20/02 - Terça, às 08:34

    Na véspera do FC Porto visitar o Estoril-Praia para cumprir a segunda parte do encontro da 18.ª jornada, de 21 de fevereiro, interrompido ao intervalo devido a problemas de segurança na bancada norte do Estádio António Coimbra da Mora, importa perceber o que os treinadores podem (ou não) mudar nas equipas, isto à luz do regulamento de competições da Liga.

    Árbitro ameaçou de expulsão quem falasse basco DN 20/02 - Terça, às 08:30

    É um caso sui generis mas terá acontecido num encontro do quinto escalão numa partida que opôs duas equipas bascas, Idiazabal e Elgoibar